29 de outubro de 2008

25 anos sem Ana Cristina

Ana C. nasceu em 1952 e morou no Rio, em Niterói e no exterior. Ficou conhecida pela poesia confessional, tendo sido projetada por A Teus Pés, lançado em 82. Além de escrever seus poemas, atuou como tradutora (verteu para o português Sylvia Plath e Emily Dickinson), publicou em jornais e trabalhou na televisão.
Olho muito tempo...
Olho muito tempo o corpo de um poema
até perder de vista o que não seja corpo
e sentir separado dentre os dentes
um filete de sangue
nas gengivas

3 comentários:

plagiador disse...

quando copiar o texto de alguém é muito 'sábio' citar a fonte

FIGBATERA disse...

Contem mais sobre a moça...

Chicos disse...

Plagiador, o texto é um compilado de notas de jornais. O poema é da própria Ana C. Obrigado pela crítica e participação.