6 de setembro de 2010

Pergunta oportuna aos que lêem o livro

Uns querem pão e água, amor e poesia.
Outros justificam suas atitudes com palavras duras.
Uns procuram poder e dinheiro e ostentar autoridade.
Outros trabalham de sol a sol e agradecem pela vida.
Uns dominam máquinas e moram em palácios.
Outros têm o luar por travesseiro.

Uns conquistam impérios e possuem latifúndios.
Outros constroem um muro de fé sobre colunas de barro.
Uns têm fábricas e seus rebanhos lotados em grandes linhas de montagem.
Outros não têm onde descansar sua cabeça.

Uns e outros são entes humanos e rumo ao ignorado,
os muitos que foram chamados e os poucos escolhidos.
Mas o que lhes restará quando a vida, frágil
Brinquedo, se acabar?

Emerson Teixeira Cardoso

Um comentário:

Enaldo disse...

Desculpe-me, mas "leem" não perdeu o acento?