8 de julho de 2009

Pastoreio

Para Eduardo Dalter
*Ronaldo Cagiano

Hóspede do impossível
desafio as cartilagens do tempo
com as esporas do sonho.

Dos espasmos oníricos
com seu arsenal de enigmas

lavro uma geografia agreste

para colher
nas glebas da ansiedade
as ervas do êxito
com seus gumes de mel

Pastor de ilusões
a pregar no deserto de crepúsculos
converto-me em latifundiário de estrelas
e venço as varizes da noite
com meu repertório de delírios.

*Ronaldo Cagiano (São Paulo SP)

Um comentário:

Claudio Sesín - Poemas disse...

Ronaldo: Su corazón viaja hacia lo más profundo de la noche y nos invita siempre, a otra realidad y al infinito. Un abrazo